Telefone: (11) 5524-1319 ou (11) 5548-9757

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) atualizou a nota técnica GVIMS/GGTES/ANVISA Nº 04/2020, que traz orientações detalhadas para serviços odontológicos e medidas de prevenção e controle que devem ser adotados durante assistência aos casos suspeitos ou confirmados de infecção pelo novo coronavírus. A Anvisa reitera que “os procedimentos odontológicos devem se restringir às emergências (que representam risco de morte e estão restritos à assistência em âmbito hospitalar) e às urgências”. Segundo o órgão, “cabe ao cirurgião-dentista/gestor do serviço de saúde avaliar e determinar os procedimentos e fluxos para atendimento de pacientes nos serviços odontológicos”.

Atualizada em 08/05, a nota traz indicações aos profissionais de saúde bucal, reforçando a necessidade de seguir as medidas para prevenção de infecções que se aplicam a todo paciente, independentemente do status de infecção – suspeita ou confirmada. Além disso, o órgão sanitário recomenda ainda protocolos preventivos para contato e para aerossóis, somadas às precauções padrão, para todos os atendimentos odontológicos.

O documento também chama a atenção para a importância de assegurar a qualidade e renovação do ar, de forma a estabelecer ambientes mais seguros, considerando as formas de transmissão da COVID-19. A recomendação da Anvisa é utilizar ar condicionado com exaustão, de forma a garantir as trocas de ar necessárias, ou a manutenção das janelas abertas durante o atendimento para garantir a renovação do ar nos ambientes.

Acesse aqui para conferir todas as atualizações.

Fonte: CROSP