Telefone: (11) 5524-1319 ou (11) 5548-9757

A Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas – APCD e a Academia Internacional de Odontologia (ADI), com apoio das empresas Henry Schein e Ivoclar Vivadent, apresentaram na 66a Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU), intitulada “Educação para a Cidadania Global: Alcançando Juntos os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável” – que ocorreu entre os dias 30 de maio e  01 de junho, na cidade de Gyeongju, Coreia do Sul -, um conceito inovador de educação para saúde bucal, que promete revolucionar a integração de temas de promoção de saúde na alfabetização escolar em todo o mundo.  Baseado no processo pedagógico de letramentos por práticas sociais, o novo conceito foi desenvolvido no Brasil por professores de Odontologia e pedagogia da UFF (Universidade Federal Fluminense), da UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro) e da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), em parceria com a APCD e a ADI.

O Workshop “Letramentos em Saúde Bucal para promover hábitos saudáveis sustentáveis” aconteceu no dia 30 de maio. O modelo conceitual incentiva a formação de comportamentos saudáveis por meio de letramentos desenvolvidos a partir de práticas sociais que envolvem a saúde bucal, respeitando as relações sociais e características regionais, ao mesmo tempo que motivam a leitura e produção de textos na alfabetização.

Membro do diretório ONU do Departamento de Informação Pública/Organização Não-Governamental – DPI/NGO, a ADI foi convidada pelo Comitê Organizador da 66a Conferência da ONU para apresentar o workshop, que teve a participação de cerca de 2.200 representantes de 700 ONGs de 110 países.

Participaram do Workshop, Ramon Baez, presidente da ADI e professor da Universidade San Antonio – USA; Robert Fulton, editor da Revista ADI e professor da Northeast Ohio Medical School; e Claudio Fernandes, presidente da ADI Brasil e professor da Universidade Federal Fluminense – Nova Friburgo, e Henrique Couto, coordenador do Departamento de Relações Internacionais da APCD.

A conferência aconteceu no primeiro ano dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), adotadas pelos Estados-Membros da ONU, em setembro de 2015, para acabar com a pobreza, proteger o planeta e garantir os direitos humanos e uma vida próspera e plena para todos, como parte da agenda de desenvolvimento sustentável 2030.  A Odontologia tem a responsabilidade de interagir não só com a sua própria força de trabalho profissional, mas também com a sociedade em geral para a melhoria da qualidade de vida. A ADI e a APCD estão comprometidas com o avanço de projetos socialmente responsáveis e uniram forças para promover soluções de problemas relacionados com a qualidade de vida humana sustentável.  A 66a Conferência ONU foi uma oportunidade única para interação com a sociedade civil de entidades organizadas e empresas engajadas na luta pelo desenvolvimento sustentável.  A ADI, APCD, Ivoclar Vivadent e Henry Schein atuaram para aumentar a conscientização sobre a saúde bucal e métodos educativos para promover hábitos saudáveis como a higiene bucal e a redução do consumo de açúcar.  A participação permitiu interação com ONG’s globais, como a Unesco e a American Psychological Association.

Ban Ki-moon, secretário-geral da ONU, em seu discurso de abertura afirmou: “A cidadania global não é mais um ideal, mas sim um requisito para a criação de uma solução justa, em um mundo de paz, ambientalmente sustentável de sociedades interligadas. ONGs de todos os setores da sociedade que trabalham juntos para superar desafios, são uma força fundamental para atingir esses objetivos”.

A subsecretária-geral da ONU para o Departamento de Informação Pública e Organizações Não-Governamentais, Cristina Gallach, complementou ressaltando que “a conferência demonstrou outro exemplo do valor do investimento da ONU em parcerias com organizações não-governamentais e a academia”.

As palestras e debate do workshop foram transmitidos ao vivo para convidados, e estão disponíveis no site www.aprendasorrir.com.br.

Fonte: APCD – Central