Telefone: (11) 5524-1319 ou (11) 5548-9757

Segundo relatório apresentado pela Secretaria Municipal de Saúde,  há um déficit de 33% de dentistas na rede municipal. Para solucionar a situação, o presidente do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), Dr. Cláudio Miyake, solicitou por meio de ofício que essas vagas fossem preenchidas por concurso público. A Prefeitura acatou a sugestão e abrirá concurso para 776 vagas. O CROSP foi convidado para participar do processo de elaboração do Edital do concurso.

No seminário “Saúde Bucal em São Paulo: Um encontro para conhecer, entender e debater!”, realizado no dia 30 de abril, a Secretaria Municipal de Saúde reuniu membros de entidades odontológicas para apresentar diagnóstico da rede pública de saúde. Após a reunião, o Dr. Cláudio Miyake encaminhou ofício ao prefeito Fernando Haddad e ao Secretário Municipal de Saúde José de Filippi Junior falando sobre o benefício da instituição de um concurso público. Em concordância, a Prefeitura abrirá 778 vagas, sendo 400 para cirurgiões-dentistas, 296 para auxiliares de consultório odontológico, 79 para técnicos em saúde bucal e três 3 para técnicos em próteses.

Sem concursos públicos para a especialidade desde 2003, o CROSP viu a medida como uma maneira de trazer mais profissionais para a rede municipal por conferir melhores condições de trabalho. “Essa ação é importante porque além de facilitar o acesso da população à saude bucal, amplia o mercado de trabalho do cirurgião-dentista e demais profissionais de odontologia”, comenta Dr. Cláudio.

Fonte: CROSP